o lado B da coisa toda. da literatura, das artes, da souêra. a bagaceirada come solta, não há papas na língua. o amor e o tesão movimentam as paradas por aqui. tô aí pela troca, pelo feeling, pelo matinho, pela energia que bate, pelo o que pega pelas vísceras. jornalista